28 de jul de 2010

Doctor&Rose

Quando Rose conheceu o 9º Doutor ele havia se regenerado há pouco tempo, era alguem que não pensava 2x antes de explodir uma loja inteira só pra se livrar de um bando de manequins vivos e guardava grande raiva de seus inimigos declarados, os Daleks. Mas aos poucos o jeitinho simpatico e gentil de Rose começou a afetar o Doutor e no final da temporada, quando ela decide absorver a energia da TARDIS e se tornar uma entidade chamada Bad Wolf pra poder voltar no tempo e salva-lo dos Daleks, ele sacrifica a sua 'vida' pela dela absorvendo pra si essa energia e assim se regenerando no 10º Doutor.

Como resultado disso, o new new Doctor 'nasceu' menos frio, mais extrovertido e averso a qualquer tipo de violencia. O 10º Doutor foi o mais humano de todos graças a Rose que por sua vez foi ficando parecida com ele no decorrer das 4 temporadas e isso porque ela só é citada durante a 3ª e só aparece realmente nos 3 ultimos episodios da 4ª temporada (que foram de certa forma a despedida do 10º Doutor). A sintonia entre eles era tanta que os 2 conseguiam, por exemplo, se divertir estando prestes a serem atacados por um lobisomem, toda a trama da guerra entre Daleks e Cybermen nos 2 episodios finais da 2ª temporada foi criada só pra colocar Doutor e Rose em lados diferentes da mesma parede, ele no nosso universo e ela em um universo paralelo e acho q dificilmente alguma cena shipper possa ser mais tocante do que o final desse mesmo episodio quando o Doutor cria uma supernova só pra conseguir se despedir de Rose ("I'm burning up a sun just to say goodbye")... e tudo isso com o relacionamento deles tendo sido praticamente só na base de abraços e mãos dadas! Less is More...

-> texto completo: Love & Monsters (sobre DW em geral)

Nenhum comentário: